actualidade
Pax!

Viagem dos Oblatos a Montserrat e Barcelona

No dia 21 de Abril de 2017, junto à Capela de Santa Luzia, na Vila de Cucujães, reuniu-se o grupo para a viagem ao Mosteiro de Montserrat e Barcelona.

Num total de cinquenta e dois passageiros, o grupo era constituído por alguns Oblatos de Cucujães, um casal de Oblatos do centro do Porto, um grupo de Singeverga e alguns amigos convidados. Entre os passageiros encontrava-se também o Dom Abade de Singeverga, P. Bernardino, e o P. José Granja que tivemos a graça de conhecer pela primeira vez.
Pelas 21h20, saímos com destino a Salou, bela cidade junto ao mar, onde encontraríamos o hotel para pernoitar.
Depois da primeira oração, na qual se pediu a Deus a graça de uma boa viagem, o Filipe, responsável pelo grupo de Oblatos de Cucujães e principal organizador da viagem, apresentou os passageiros, e deu as primeiras instruções. Tínhamos pela frente cerca de 1000 km para percorrer e o Flávio era o nosso principal motorista. Com três paragens técnicas (Pedresinas, Villa Castim e Estação de serviço de Saragoça), chegámos ao Hotel California Garden pelas 12h30 do dia seguinte. Foi muito agradável a oração de Laudes, presidida pelo Dom Abade, ao romper do dia, enquanto apreciávamos a beleza da paisagem que Deus nos oferecia.
Chegados ao hotel, fizemos o respectivo check-in e almoçámos tranquilamente pelas 13h. Seguiu-se uma tarde livre para individualmente visitar Salou. Às 17h reunimos para a oração de Vésperas, jantámos pelas 19h, seguindo-se o mais que merecido descanso.

9 - Foto (2)
No domingo, 23 de Abril, tomámos o pequeno-almoço pelas 7h e às 8h partimos com destino ao Mosteiro de Montserrat, a razão de ser deste nosso passeio. Durante a viagem louvamos a Deus, através da oração de Laudes. Iniciando a subida de Montserrat, tivemos a oportunidade de admirar todo o esplendor da criação de Deus. Chegámos ao Mosteiro pelas 9h40, fizemos o primeiro reconhecimento do lugar, tirámos a fotografia de grupo e, participámos na Missa Conventual da Comunidade beneditina de Montserrat, às 11h. Para nossa alegria, tivemos a graça de escutar o Evangelho na nossa própria língua, proclamado com toda a serenidade pelo P. José, e de escutar, no final da Eucaristia, as crianças da Escolania, que, com as suas vozes celestiais, a todos maravilharam. Seguiu-se a visita ao Mosteiro de Montserrat, orientada pelo P. Ignasi Fossas e pelo Irmão Pau, que nos mostraram alguns lugares comuns da comunidade: a sacristia, a sala capitular, a sala gótica e um dos claustros do mosteiro.
Depois do almoço, num restaurante panorâmico, voltado para a montanha, seguiu-se uma tarde livre para contemplar a beleza daquele lugar. Muitos aproveitaram para subir à montanha, no funicular, e exercitar algumas fobias. A nossa visita a Montserrat terminou às 17h com a oração de Vésperas, numa capela do santuário, junto à imagem de Nossa Senhora, “La Moreneta”, à qual tivemos acesso por cortesia da Comunidade beneditina. Regressámos, por fim, ao hotel, em Salou, para jantar e descansar, ficando para trás uma experiência espiritual que não iremos esquecer.
Na segunda-feira, 24 de Abril, seguimos o mesmo horário do dia anterior. Tomámos o pequeno-almoço às 7h e partimos do hotel, pelas 7h40, com destino a Barcelona. Durante a viagem rezámos as Laudes. Ao chegar a Barcelona, o nosso Filipe apresentou resumidamente a biografia de Gaudí, apreciámos algumas das suas obras enquanto passávamos pelas ruas da cidade. Aguardávamos com expectativa, a sua obra de referência: o templo expiatório da Sagrada Família. Antes de lá chegar, visitámos ainda Montjuïc, de onde pudemos observar Barcelona, na sua simbiose Terra e Mar. Passámos pela cidade Olímpica, avistámos mais algumas obras de Gaudí e chegámos, então, à Sagrada Família quando eram 11h.
Todos ficaram maravilhados! No exterior pudemos admirar a fachada da natividade, de onde acedemos ao seu interior, cheio de beleza celestial. Todos apreciaram a luminosidade do seu interior que provinha dos seus vitrais. Num deles encontrámos a inscrição «FÁTIMA» que nos comoveu. Terminada a visita do interior da basílica, saímos pelo lado oposto e pudemos admirar a fachada da paixão. Seguiu-se o almoço num restaurante self-service reservado antecipadamente. Para ajudar a digestão, entrámos novamente no autocarro, que nos deixou na praça da Catalunya, onde iniciámos um passeio pelas ramblas até à marina. Por volta das 16h30, seguimos com destino ao Templo Del Tibidabo. Depois da visita ao santuário, rezámos as Vésperas junto à capela do Santíssimo e apreciámos, uma vez mais, a deslumbrante cidade de Barcelona que se estende desde esta montanha até ao mar. Pelas 18h50 regressámos ao hotel para jantar e repousar deste dia que a todos encheu de boas recordações.
Na terça-feira, dia 25 de Abril, tomámos o pequeno-almoço pelas 8h00 e iniciámos a viagem de regresso a Portugal. Durante a viagem rezámos as orações litúrgicas das Laudes e Vésperas e houve tempo para rezarmos os mistérios do terço, intercalados com leituras dos Santos Padres. Com muito tempo para apreciar a paisagem árida do centro de Espanha, tivemos ainda ocasião para uma avaliação, na qual se partilharam as melhores experiências.
O grupo está muito grato ao esforço e dedicação do D. Abade e Filipe que tornaram possível esta viagem, que ficará marcada em cada um de nós e reforçará, certamente, os nossos laços de amizade com o Mosteiro de Singeverga.

Um oblato de Cucujães